Curiosidades: Animais & Café

Animais e Café

O universo do café é extremamente amplo e pode ser muito surpreendente. Você já teve curiosidade para saber quais são alguns dos cafés mais caros do mundo? Talvez você fique um pouco chocado com a forma como eles são produzidos! Neste post, contaremos um pouquinho sobre cada um desses estranhos cafés.

Para começar esta leitura, talvez você deva abrir a cabeça… Afinal, todos os cafés dessa lista são produzidos a partir de alguns animais! Confira agora 4 cafés de luxo vendidos ao redor do globo.

Kopi Luwak1) Kopi Luwak

Primeiramente: Também chamado de Civeta, o café produzido na Ilha de Bali (Indonésia) ficou famoso pelo método controverso de produção. As cerejas, consumidas pelo mamífero Civeta, sofrem fermentação natural pelos ácidos e enzimas; depois de expelidos pelas fezes, os grãos são recolhidos, higienizados e passam por todo o processo produtivo do café. O resultado é uma bebida inigualável, com notas de uva e chocolate, pouco amargor e nenhuma acidez.

Esse tipo de café foi descoberta muito por acaso; para evitar o desperdício, os produtores da ilha passaram a recolher os grãos intactos das fezes do animal. Em dado momento, alguém optou por preparar e experimentar esse produto, e o sabor surpreendeu positivamente.

O método, porém, causa certa polêmica: muitas pessoas acreditam que se trata de uma produção abusiva com os animais. Não deixa de ser verdade, uma vez que tudo depende do apetite do animal. Por conta disso, a produção (que já era reduzida), caiu ainda mais; atualmente, apenas 230 quilos são produzidos por ano. Comprando pelo site Paradise Coffee, 100g de café na variedade arábica saem por $39,95 (R$ 154,72).

2) Jacu CoffeeJacu Bird Coffee

Em segundo lugar, o Brasil também tem seu nome na lista de produtores de cafés exóticos.: O Café Jacu foi 100% inspirado no Kopi Luwak, e o animal responsável por eles é o próprio pássaro Jacu! Produzido no Espírito Santo, sua história mostra como os vilões dos cafezais passaram a ser protagonistas de um café caríssimo!

Os jacus deram, por algum tempo, vários prejuízos às safras de café, comendo seus frutos. Sem conseguir solucionar o problema, o produtor teve a ideia de utilizar o mesmo método do Kopi Luwak. Seus testes foram positivos! Agora, a alimentação dos animais é facilitada; os grãos são selecionados e dispostos abaixo dos pés de café durante o dia e consumidos durante a noite. De manhã, os produtores recolhem as fezes e as encaminham para higienização e demais processos do café.

Se sua preocupação for com os bichinhos, pode ficar tranquilo: Esse café é cultivado com autorização do Ibama. Além disso, a produção está limitada a 500 kg por ano. Os grãos são engolidos inteiros pelos pássaros, passam por ácidos e enzimas e, fermentados naturalmente, geram uma bebida única.

A verdade é que a digestão desse animal garante à bebida características impossível de conseguir de outra forma. O café tem uma nota altíssima, sendo considerado exemplar; apresenta baixa acidez, doçura e amargor médios e notas de jasmim. Você pode adquirir o pacote de 100 gramas por R$ 108,00 pela Casa Santa Luzia.

Black Ivory3) Black Ivory

Em terceiro lugar, o café mais caro do mundo é refinado pelas fezes de um animal bem grande: o elefante. Cultivado a mais de 1500m de altitude na Tailândia, os grãos são esmagados e engolidos pelos animais. Seguindo a mesma lógica dos dois anteriores, o café tem suas fibras quebradas pelas enzimas do estômago do animal. As sementes, expelidas nas fezes, ficam intactas e passam por um processo de higienização.

Esse processo digestivo garante diferentes sabores e quebra o amargor do grão. Isso ocorre porque é muito devagar; portanto, a fermentação ocorre em contato com ervas e frutas consumidas pelo elefante. São necessários 33kg de cerejas para preparar 1kg de Black Ivory, justificando o preço do café mais raro do mundo.

A bebida apresenta notas de gramas, ervas, chocolate amargo e canela. Seu corpo é médio e o café quase não apresenta acidez. Seu preço é bastante chocante: pede-se o valor de R$ 329,00 para o pacote unitário de 35g do café! Como seria experimentar um café desses? Você pode adquiri-lo no site da empresa Black Ivory.

É interessante considerar que a produção seja solidária, embora seja um café de muitas despesas (e um investimento inicial de quase R$ 750 mil). Praticamente 8% do valor arrecadado com as vendas do Black Ivory é distribuído para The Golden Triangle Asian Elephant Foundation. Trata-se de um projeto que visa a preservação das espécies de elefante da região.

4) Monkey Coffee

Por fim, produzido em Taiwan, temos o Monkey Coffee. Esse raro tipo de café é a partir de grãos selecionados, mastigados e cuspidos por macacos Rhesus. Depois desse processo, as sementes descartadas são recolhidas, higienizadas e secadas ao sol. O que acontece é que o animal se sente instintivamente atraído por cerejas maduras, doces e suculentas. Embora não engulam as sementes como os demais animais da lista, a saliva cumpre o papel enzimático de quebrar as fibras.

A tendência de se aproveitar as sementes cuspidas pelos macacos é relativamente nova; antes, elas eram vistas como resíduos naturais, mas os produtores passaram a recolhê-las. Diferente dos grãos “verdes”, os do Monkey Coffee apresentam uma aparência cinzenta.

A bebida apresenta notas de caramelo e baunilha, altos níveis de doçura e uma acidez média. Trata-se de um café muito difícil de encontrar, e não localizamos nenhum link para compra on-line; no entanto, sabemos que o preço do quilo é cerca de U$ 700, equivalentes a R$ 2711,30 reais.

O que você acha dessa produção diferenciada de cafés? Sem dúvidas, estes são cafés extremamente especiais e, pode admitir, deu vontade de experimentar, né? Embora a u.Coffee não trabalhe com os cafés da matéria, podemos garantir: nossos cafés especiais, produzidos em todo o Brasil por pequenos e grandes produtores, são deliciosos e ideais para o seu paladar. Ou seja, seu gosto, seu café!

Que tal aproveitar essa curiosidade e conhecer um café com as notas semelhantes aos que falamos aqui? Experimente nossa ferramenta de indicação de cafés especiais e aproveite!

O que você achou desse post?
  • Ótimo (1)
  • Útil (0)
  • Poderia ter mais informações (0)

Você também pode gostar desses posts:

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *