Café Especial: Métodos de Preparo para Iniciantes

métodos de preparo

Existem poucas coisas no mundo que equivalem a sensação de tomar um café especial quentinho em seu local predileto.
Mas e se você pudesse desfrutar da mesma xícara de café no conforto de sua casa?

Embora a maioria de nós acredite já saber como fazer um bom café, ainda há muito a se aprender sobre esta arte. Mas tenho boas notícias para você: hoje, estou aqui para ajudá-lo.

Como começar a fazer café especial em casa?

A primeira coisa que você precisa para fazer um delicioso café especial em casa, além dos grãos é claro, é escolher bem o equipamento com o qual irá preparar a sua bebida. Existem vários modelos diferentes e o processo de preparação é diferente em cada um deles. Assim como escolher?

Acreditamos que, assim como o melhor café especial,  o melhor método de preparo é sempre aquele que se adéqua ao seu gosto.

Então aqui estão alguns dos equipamentos que nossos especialistas recomendam. Além de serem fáceis, são bem acessíveis. Conheça e escolha o seu!

O Coador de Café

 

É o método de preparo mais difundido no Brasil. O pó de café é acondicionado em um filtro de papel, com adição de água quente não fervente por cima.

Qual a quantidade de pó que você deve utilizar? Isso vai variar do seu gosto e cada pessoa possui sua própria receita. Contudo, abaixo damos uma dica para que você comece sua brincadeira.

Se achar o café forte demais, reduza a quantidade de pó ou aumente a de água.


Modo de Preparo no coador:

Molhe rapidamente o filtro de papel com água quente e descarte essa água. Isto proporcionará ao seu café o sabor mais puro possível.

Em seguida, meça a quantidade do seu café. Para preparar, use café moído para cone de papel. Ele tem uma moagem relativamente fina. Meça 10 gramas de café ( aproximadamente 2 colheres de sobremesa) para 100ml de água.

Coloque água quente (um ponto antes de ferver) até a metade do filtro de papel para saturar o pó de café. Aguarde por 30 segundos e deixe o café apurar. Isto permite que o café seja hidratado uniformemente e comece a desenvolver sabor e aroma.

Em seguida, adicione vagarosamente o restante da água em círculos pequenos e uniformes para cobrir todo o pó de café.

Dicas preciosas:
– Prefira o filtro descartável de papel ao tradicional coador de pano. Por mais que o de pano dê um toque rústico e saudosista ao preparo, é impossível sua completa higienização. Ademais, o filtro de papel permite que os óleos naturais do grão de café passem para a bebida, o que traz mais riqueza de sabores à ela.
– Fique ligado no tempo: Um café filtrado leva em média 3 minutos para fazer uma xícara.

O V60

V60 método café especial

Ele tem jeitão de um coador tradicional, mas o segredo está nos detalhes de sua estrutura. Em sua parte interna ele apresenta linhas espirais que facilitam a expansão do pó de café no momento em que a bebida é coada. Também possui uma abertura grande na base do coador que permite que a velocidade seja controlada e assim, o café absorve a água durante o tempo necessário, resultando em uma bebida limpa e saborosa.

Segundo o site Specialty Coffee, o material influencia no resultado final da bebida. O V60 de porcelana, por exemplo, consegue manter a temperatura da água que coa o café por mais tempo e permite que corpo e doçura ganhem mais destaque no paladar. Você pode conferir aqui a análise completa em inglês.

Modo de Preparo no V60:

O modo de preparo no V60 é bem próximo ao coador tradicional.
Molhe rapidamente o filtro de papel com água quente e descarte essa água.

Coloque água quente (um ponto antes de ferver) até a metade do filtro de papel para saturar o pó de café. Aguarde por 30 segundos e deixe o café apurar. Isto permite que o café seja hidratado uniformemente e comece a desenvolver sabor e aroma.

Em seguida, adicione vagarosamente o restante da água em círculos pequenos e uniformes para cobrir todo o pó de café.

A Moka ou Cafeteira Italiana

café especial na moka

 

Ela é popularmente conhecida como cafeteira italiana, mas seu nome mesmo é  Moka. Embora nem todos a conheçam, trata-se de uma cafeteira de preço bem popular, mas muitos deixam de comprar simplesmente por não fazerem ideia de como usá-la.

O segredo do delicioso café feito na cafeteira italiana é que trata-se de uma cafeteira a pressão, que elabora o café por meio de vapor de água. O resultado é um maravilhoso café de gosto acentuado e aroma que invade a casa.

Modo de Preparo na Moka:


Desenrosque a cafeteira no sentido anti-horário, retirando o funil da caldeira e toda a parte de cima dela. Preencha a caldeira com água até chegar pouco abaixo da altura da válvula segurança (o volume de água não deve ultrapassar a válvula).

Preencha o funil com o pó de café moído de sua escolha e volte a encaixá-lo na caldeira, voltando a montar a cafeteira, enroscando-a no sentido horário, voltando ao estado original.

Coloque a cafeteira diretamente na boca do fogo de seu fogão (ou outro fogareiro), deixe que a água ferva até o ponto de ebulição, formando vapor na parte inferior. Esse processo deve ser feito em fogo baixo.

Quando a água começar a ferver, o aumento da pressão fará com que a água atravesse o funil, passando pelo café moído e chegando até o recolhedor, na parte superior da cafeteira, onde estará pronto o seu café.

Dicas preciosas:
– Coloque algumas gotas de água fria dentro do recolhedor (além da água que você coloca na caldeira para ferver). Esse pequeno truque fará com que a água não suba muito quente até o recolhedor, evitando que queime o café.
– O correto é uma moagem de grau médio para grosso, pois o pó fino impede a passagem da água.
– Prestar atenção na hora que a água estiver subindo: quando começar a subir, é hora de retirar a cafeteira do fogo.

A Prensa Francesa

café especial na prensa francesa

Feita em vidro e metal, seu filtro apresenta uma malha metálica mais espaçada que os filtros comuns usados para fazer café. A prensa francesa (French Press) é um clássico dispositivo de imersão. A água quente é misturada diretamente ao pó. Após de quatro minutos de infusão, pressiona-se o êmbolo que, ao descer, filtra o café.

Para o pó de café não passar pelo filtro, a moagem deve ser mais grossa.

O diferencial desse filtro é que ele não absorve os óleos essenciais do grão, tornando a bebida final ainda mais rica.

Modo de Preparo na Prensa Francesa:

Escalde a prensa com água filtrada quente para pré-aquecer o recipiente. Em seguida, descarte a água.

Insira o café moído e ajuste para o pó ficar de altura uniforme dentro da cafeteira. Recomendamos 10 gramas de café (2 colheres de sobremesa) para cada 180 ml de água.

Coloque a água quente na prensa francesa (um ponto antes de ferver, de 90° a 96°C). Certifique-se de molhar todo o café moído.

Coloque a tampa na prensa francesa, com o êmbolo para cima e deixe o café ficar em infusão por 4 minutos.

Empurre o êmbolo para baixo levemente até que ele atinja o fundo, prensando todo o pó do café para parar a infusão. Está pronto! Sirva e saboreie o seu café.

Dicas preciosas:
– O correto é uma moagem de grau médio para grosso, pois o pó fino impede a passagem da água.
– Atenção com a temperatura da água. Quando as bolinhas de ar no fundo da chaleira começarem a subir, a água está pronta para ser utilizada.

A dica de ouro:

Independentemente do tipo de cafeteira com o qual você decidiu começar sua aventura no fantástico mundo do café especial, eu tenho mais um conselho: grãos de café frescos e de boa qualidade são essenciais!

Não me entenda mal, é possível preparar um café ruim com ótimos grãos – mas é impossível preparar um ótimo café com grãos ruins.

Você pode dominar a preparação  de café, mas, sem café de qualidade, você ainda preferirá sua cafeteria local às suas próprias bebidas. Este é o segredo delas.

Onde encontrar boas cafeteiras?

Dando uma boa passada pelo Morumbi Shopping em São Paulo, Barra Shopping no Rio ou mesmo no BH Shopping, em Belo Horizonte, facilmente encontramos lojas de artigos de cozinha e presentes com boas opções para você equipar seu cantinho do café. Gosto muito da Tool Box e da Spicy. Se preferir, várias lojas virtuais também vendem boas cafeteiras. Tente na Americanas e Submarino.

Já escolhi meu método, é só isso?

Agora é o momento que a diversão começa. Em nosso próximo artigo, iremos discutir como podemos modificar o sabor de nosso café especial ao alterar variáveis como a moagem, o tempo de exposição ou a agitação.

Enquanto isso, por que não continuar aprendo com nosso Guia para Iniciantes no Mundo dos Cafés Especiais?

O que você achou desse post?
  • Ótimo (6)
  • Útil (3)
  • Poderia ter mais informações (3)

Você também pode gostar desses posts:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *