O que é o café Bourbon e quais são as suas características?

Bourbon Fazenda Paradiso

Suave. Doce. Encorpado… Aroma intenso e notas de chocolate. Com prazer, apresentamos o café Bourbon! Continue com a gente para saber porque essa variedade é tão querida entre os cafés especiais, a diferença entre o Bourbon Amarelo e Vermelho e um pouco de sua antiga história.

O que é o Bourbon?

Pense em uma ilha paradisíaca no Oceano Índico. Natureza exuberante e clima quente, à leste de Madagascar. Essa é a pequena ilha Bourbon, onde foi cultivado pelas primeiras vezes o café tema desse post. Hoje a ilha se chama Reunião e é uma das mais prósperas no Oceano Índico.

No post sobre a história do café, contamos que os holandeses deram ao Rei Luís XIV uma muda fértil da planta. No começo do séc XVI, ela foi cuidada dentro de estufas e depois cultivada na ilha Bourbon, daí surgiu o nome da variedade.

Os grãos chegaram ao Brasil em 1859, por ordens do Governo. Na época o país já tinha muito café, mas buscava inovação para melhorar em qualidade e capacidade produtiva.

Após vários estudos e aprimoramentos genéticos feitos pelo Instituto Agronômico (IAC) na década de 1930, as melhores sementes foram distribuídas a cafeicultores e, então, o Bourbon Vermelho se espalhou definitivamente pelo nosso solo, constituindo parte importante da história do café no Brasil.

Os pés de Bourbon são altos, vão até 3m, mas seus frutos são menores. Por isso, o rendimento de café por hectare é menor em relação a outras variedades, chegando a ser 50% menos produtivo do que os cafés Mundo Novo. Além disso, são bem sensíveis a pragas e à ferrugem (doença causada pelo fungo Hemileia vastatrix).

Essa variedade é indicada para solos acima de 800m de altitude, para quem prefere fazer uma colheita precoce e especialmente para aqueles que desejam uma bebida de excelente qualidade!

De acordo com pesquisa realizada em 2014 para o 40° Congresso Brasileiro de Pesquisas Cafeeiras, a variedade Bourbon Amarelo é fortemente indicada para a produção de cafés especiais, uma vez que apresenta maiores teores de sacarose (responsável pela doçura) e menos ácido oxálico (substância que dificulta a absorção de nutrientes pelo corpo).

Bourbon Vermelho

Bourbon Vermelho RodrigoDurante a década de 1930, o Bourbon Vermelho já era plantado em larga escala, por isso foi estudado e passou por diversos melhoramentos genéticos. Por meio dele se descobriu que fatores ambientais como temperatura, altitude e solo são o que mais influencia a produtividade cafeeira.

A planta tem um formato mais ou menos cilíndrico, com ramos abundantes e folhas verde escuro. E assim como diz o nome… quando maduros, os frutos são vermelhos.

É uma variedade que exige bastante cuidado, muita água e um solo bem nutrido. Por isso, os estudos não param: institutos de pesquisa como o IAC continuam pesquisando para diminuir os custos de produção dessa planta que faz um café tão bom. Para se chegar aos resultados finais, entretanto, demora de 30 a 40 anos!

Bourbon Amarelo

A variedade de frutos amarelos foi chamada Bourbon Amarelo, examinada pela primeira vez também em 1930, São Paulo. Surgiu provavelmente por meio do cruzamento natural entre Bourbon Vermelho e Botucatu Amarelo.

Entre o Vermelho e o Amarelo, o segundo chega a destacar ainda mais por duas coisas: consegue ser mais doce e tem produtividade cerca de 40% maior, assim muitos dos cafés especiais do Brasil optam por essa variedade.

As plantas adultas têm em média 2,6m e o tom das folhas é verde claro ou bronze e gera em média um rendimento de 25 sacas (cada saca tem 60kg) por hectare. O clima ideal para o Bourbon Amarelo é ameno, não muito quente e, de preferência, em regiões altas.

Geralmente a maturação dos Bourbons ocorre de 20 a 30 dias antes de outras variedades, o que precisa ser observado com muita atenção pelos produtores para que o ciclo não coincida com as floradas de outros cafeeiros.

E há um vencedor?

Bom… o Vermelho tem melhor adaptabilidade, mas o Amarelo tem notas mais acentuadas… dá para escolher um? Ambos os cafés Bourbon são incríveis! Agora que você já conhece bastante sobre as características de cada, só falta provar… para te ajudar a escolher um, confira nosso post sobre as melhores marcas de café especial!

O que você achou desse post?
  • Ótimo (2)
  • Útil (3)
  • Poderia ter mais informações (1)

Você também pode gostar desses posts:

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *